Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Bem me quer

Bem me quer

Dom | 02.12.18

As palavras contam

Por vezes precisamos de força para nos levantarmos de algum momento menos bom. mas acabamos por nos render ao obstáculo e não saímos dali, ficamos à espera. Mas à espera do quê? Que a situação se resolva sozinha? Ficamos à espera até percebemos que depende de nós, mas precisamos dos nossos por perto.

Num período menos bom que tive, contei com os mais próximos, contei com família e amigos. Deram a força que sozinha acho que não ia ter.
As palavras são a maior arma nestes momentos. São elas que nos fazem pensar, são elas que nos levantam.

“In case no one told you today. You’re beautiful. You’re loved. You’re needed”

Nesse período onde deixou de ser possível para mim fingir que estava tudo bem abri o jogo aos meus pais, disse tudo o que sentia, o que pensava, o que pensei fazer e não fiz. Senti naquela altura uma bolha em que podia dizer tudo sem consequências.
No mesmo dia quando cheguei a casa tinha um bilhete da minha mãe que dizia "In case no one told you today. You’re beautiful. You’re loved. You’re needed". As lágrimas caíram porque foram ditas na altura certa. Deram-me força e jurei para mim mesma que nunca mais iria permitir que chegasse aquele ponto.

Isto para dizer também que é importante falar sobre as coisas, mesmo que sejam difíceis. Porque se ninguém sabe o que se passa contigo e dentro da tua cabeça como é que vão ajudar? Eu sou uma pessoa que não gosta muito de partilhar, e só falo das coisas quando já não aguento mais, mas isso é algo que muda com o tempo. Precisamos sempre de boas energias à nossa volta. Precisamos sempre de alguém para partilhar as conquistas, as preocupações, as gargalhadas. A vida.

Ainda hoje quando me sinto menos bem a primeira coisa que faço é ir ler aquele bilhete. As palavras têm muita força e aquelas mais do que nunca.